Ofício por ocasião da morte

Por Julio Cesar Meazza Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

 “Para isso 
preciso de Deus, 
para me curar
da saudade. 
E é assim que eu
imagino Deus: 
como um fino fio
de nylon, invisível, 
que procura
minhas contas perdidas 
no fundo do rio do tempo, 
e as devolve a mim, 
como um colar.”

Rubem Alves
 
1. ACOLHIDA
Trecho de Romaria, de Renato Teixeira.

Como eu não sei rezar,
Só queria mostrar
Meu olhar, meu olhar,
Meu olhar.

2. ABERTURA
Quem preside entoa, ao que a assembleia repete:

Fazendo o sinal da cruz sobre si: 
P: Vem, ó Deus da vida,
vem nos ajudar! T: (bis)
P: Vem, não demores mais,
vem nos libertar! T: (bis)

P: Como é feliz
quem vai habitar, T: (bis)
P: Em tua casa, ó Pai,
Há de se alegrar! T: (bis) 

P: O descanso eterno,
dai-lhe, ó Senhor! T: (bis)
P: Eternamente goze
do teu esplendor! T: (bis)

Inclinando o corpo em reverência:
P: Glória ao Pai e ao Filho
e à Mãe que inspira! T: (bis)
P: Glória à Trindade Santa,
glória ao Deus bendito! T: (bis)

3. RECORDAÇÃO DA VIDA
Quem preside, convida a assembleia a trazer lembranças a respeito da vida e do testemunho de fé da irmã ou irmão falecido. Num contexto de pandemia, podem-se recordar os lugares e situações pelas quais as pessoas passam.

4. HINO
La cigarra, de Maria Elena Walsh – Versão de Renato Teixeira.


Tantas vezes me mataram
Tantas vezes eu morri
Mas agora estou aqui
Ressuscitando
Agradeço ao meu destino
E a essa mão com um punhal
Porque me matou tão mal
E eu segui cantando

Cantando ao sol
Como uma cigarra
Depois de um ano
Em baixo da terra
Igual a um sobrevivente
Regressando da guerra


Tantas vezes me afastaram
Tantas reapareci
E por tudo que vivi
Vivi chorando
Mas depois de tanto pranto
Eu aos poucos percebi
Que o meu sonho não tem dono
E segui cantando

Cantando ao sol
Como uma cigarra
Depois de um ano
Em baixo da terra
Igual a um sobrevivente
Regressando da guerra


Tantas vezes te mataram
Tantas ressuscitarás
Tantas noites passarás
Desesperando
Mas na hora do naufrágio
Na hora da escuridão
Alguém te resgatará
Para ir cantando

Cantando ao sol
Como uma cigarra
Depois de um ano
Em baixo da terra
Igual a um sobrevivente
Regressando da guerra


5. ORAÇÃO
Inspirada na obra de Rubem Alves.

P: Ó Deus,
Senhor da vida,
diante da morte,
nossa essência se ilumina.
E ao contemplá-la de perto,
aprendemos a ver melhor.
Por ti, ela tem o poder
de apagar do cenário
tudo o que não é essencial.
Então, inspira-nos, agora.
Quando tocados pela morte,
faz os olhos de quem fica
tornarem-se puros
para vermos somente
aquilo que o amor
torna eterno.
Por Cristo,
Senhor nosso.
T: Amém.

6. SALMODIA
SALMO 130 (129) – ODC – Ré – "Ele salvará o seu povo dos seus pecados" (Mt 1,21). Na fraqueza da nossa condição humana, e conscientes de que somos pecadores, peçamos ao Senhor que nos perdoe e nos renove com a sua salvação.

Clique aqui para a melodia...

Do fundo do meu penar
Chamo por ti, chamo por ti,
Chamo por ti, Senhor,
Escuta o meu clamor!


L1.
Do mais fundo do abismo
Meu Senhor, a ti eu grito.
Que se abram teus ouvidos
Ao clamor dos meus pedidos.

L2. Se os erros vais cobrar
Quem, Senhor, vai aguentar?
Porque há em ti perdão,
Todos te respeitarão.

L1. No Senhor minh'alma espera,
Sua palavra só deseja!
O vigia espera o sol,
Eu espero o meu Senhor!

L2. Teu Senhor aguarda, ó gente,
Ele ama ternamente!
Generoso é seu resgate,
Cancelou toda maldade.

L1. Ao bondoso Pai cantemos,
A Jesus nos confiemos
E à Mãe que nos inspira
Um louvor contrito demos.

Do fundo do meu penar
Chamo por ti, chamo por ti,
Chamo por ti, Senhor,
Escuta o meu clamor!



CÂNTICO DE ISAÍAS 38,10-14.17-20 – LH – Angústia de um agonizante e alegria da cura. Antífona de Rubem Alves.

Tudo fica infinitamente belo
sob a luz triste do crepúsculo.


Clique aqui para a melodia...

L1. Eu dizia: “É necessário que eu me vá
no apogeu de minha vida e de meus dias;
Para a mansão triste dos mortos descerei,
sem viver o que me resta dos meus anos”.

L2. = Eu dizia: “Não verei o Senhor Deus †
sobre a terra dos viventes nunca mais;
nunca mais verei um humano neste mundo!”

L1. Minha morada foi à força arrebatada,
desarmada como a tenda de um pastor.
Qual tecelão, eu ia tecendo a minha vida,
mas agora foi cortada a sua trama.

L2. Vou me acabando de manhã até à tarde,
passo a noite a gemer até a aurora.
Como um leão que me tritura os ossos todos,
assim eu vou me consumindo dia e noite.

L1. O meu grito é semelhante ao da andorinha,
o meu gemido se parece ao da rolinha.
Os meus olhos já se cansam de elevar-se,
de pedir-vos: “Socorrei-me, Senhor Deus!”

L2. Mas vós livrastes minha vida do sepulcro,
e lançastes para trás os meus pecados.
Pois a mansão triste dos mortos não vos louva,
nem a morte poderá agradecer-vos;

L1. para quem desce à sepultura é terminada
a esperança em vosso amor sempre fiel.
Só os vivos é que podem vos louvar,
como hoje eu vos louvo agradecido.

L2. O pai/mãe há de contar para seus filhos
vossa verdade e vosso amor sempre fiel.
= Senhor, salvai-me! Vinde logo em meu auxílio, †
e a vida inteira cantaremos nossos salmos,
agradecendo ao Senhor em sua casa.

L1. Demos glória a Deus Pai onipotente,
E a seu Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso.
À Mãe que inspira e habita em nosso peito.
Pelos séculos dos séculos. Amém.

Tudo fica infinitamente belo
sob a luz triste do crepúsculo.


7. TEXTO
Sabedoria 3,1-5

A vida dos justos
está nas mãos de Deus,
e nenhum tormento os atingirá.
Aos olhos dos insensatos
parecem ter morrido;
sua saída do mundo
foi considerada uma desgraça,
e sua partida do meio de nós,
uma destruição;
mas eles estão em paz.
Aos olhos humanos
parecem ter sido castigados,
mas sua esperança
é cheia de imortalidade.

8. RESPOSTA
In manus tuas, da Comunidade de Taizé.

Clique aqui para a melodia...

Em tuas mãos, ó Pai,
Entrego o espírito meu. 
Em tuas mãos, ó Mãe, 
Entrego todo o meu ser. 

9. EVANGELHO
Joao 6,37-39

Naquele tempo,
Jesus disse à multidão:
“Todo aquele que o Pai me dá,
virá a mim, e quem vem a mim
eu não o lançarei fora,
porque eu desci do céu
não pra fazer a minha vontade,
mas a vontade daquele
que me enviou.
E esta é a vontade
daquele que me enviou:
que eu não perca nenhum
daqueles que ele me deu,
mas os ressuscite
no último dia.”

10. RESPOSTA 
Sentinela, de Milton Nascimento e Fernando Brant.

Clique aqui para a melodia...

Morte, vela,
sentinela sou
Do corpo desse meu
irmão que já se vai
Revejo nessa hora
tudo o que ocorreu
Memória não morrerá

Vulto negro
em meu rumo vem
Mostrar a sua dor
plantada nesse chão
Seu rosto brilha em reza,
Brilha em faca e flor
Histórias vem me contar

Longe, longe,
ouço essa voz
Que o tempo
não vai levar

Precisa gritar
sua força ê irmão
Sobreviver, a morte
inda não vai chegar
Se a gente na hora de unir
os caminhos num só
Não fugir nem se desviar

Precisa amar
sua amiga ê irmão
E relembrar que o mundo
só vai se curvar
Quando o amor que 
em seu corpo já nasceu
Liberdade buscar
na mulher que você encontar

Morte, vela,
sentinela sou
Do corpo desse meu
irmão que já se foi
Revejo nessa hora
tudo que aprendi
Memória não morrerá

Longe, longe,
ouço essa voz
Que o tempo
não vai levar

11. PAI NOSSO
Pai nosso, na versão ecumênica.

Clique aqui para a melodia...

Pai nosso
que estás nos céus,
santificado seja o teu nome,
venha o teu reino.
Seja feita a tua vontade,
assim na terra como no céu.
O pão nosso
de cada dia nos dá hoje,
perdoa-nos as nossas ofensas,
assim como nós perdoamos
a quem nos tem ofendido.
E não nos deixes
cair em tentação,
mas livra-nos do mal,
pois teu é o reino,
o poder e a glória
para sempre.
Amém.

12. CÂNTICO
Nunc Dimittis, de Taizé.

Clique a qui para a melodia...

Deixa, agora o teu servo ir em paz,
Segundo tua palavra, ó Senhor. 
Deixa, agora tua serva ir em paz, 
Segundo tua palavra, ó Senhor. 

13. DESPEDIDA

P: O Deus que se faz mistério,
e supera todo o entendimento,
guarde nossas mentes e corações
na esperança do Cristo Jesus.
T: Amém.

P: E (N.), que agora parte,
não se perca da face do divino
e descanse tal como acreditava
quando ainda vivia entre nós.
T: Amém.

P: O auxílio divino
permaneça sempre conosco.
T: E com os nossos irmãos
e irmãs ausentes. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...