Os nossos padrões de família

Por Julio Cesar De Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

Venho de uma família muito bem estruturada, seja lá o que isso possa significar. Entretanto, em qual interpretação ou vontade de Deus nos apoiamos para falar, acusar ou julgar em seu nome? Em qual modelo de família nos espelhamos e defendemos com unhas e dentes? Ah, sim, o que está na Bíblia Sagrada. Ainda assim, qual deles? O que Deus quer de mim quer, igualmente, de todos? Não falo em nome de qualquer instituição, mas é bom registrar que, como católico romano, a bíblia me representa. Ela é o livro que procuro compreender, rezar e viver como Palavra inspirada e dirigida também a mim. Aliás, algumas coisas são o ABC das escrituras que poderia ser aprendido na catequese ou na pregação se estas fossem, de fato, evangélicas e libertadoras.

Se eles existiram de carne e osso e, de fato, são os primeiros seres humanos, tal como está escrito, isso pode ser bastante problemático. Contudo, tomemos por exemplo a família de Adão e Eva.[1] Afinal, devem ter tido relações sexuais com seus próprios filhos e filhas e estes com seus irmãos e irmãs para estarmos aqui. E a família de Abraão? Poxa, preciso ampliar minhas relações conjugais: Sara, Hagar... e abandonar uma a própria sorte.[2] Mas, e a família de Ló?[3] Dessa eu também quero distância. Aliás, nossa cultura não cogita esse tipo de prática: incesto outra vez! Ou estou enganado? E a família de Davi? Esse daí era um rei sem vergonha que mandou seu general para a guerra a fim de ficar com sua mulher.[4] E o que dizer da relação entre Davi e Jonathas[5] ou entre Rute e Noemi? [6]

Se o exemplo é o da sagrada família, está escrito que Maria engravidou antes de se casar, seja de Deus ou de José e, assim que souberam, teve que ir às pressas à casa de Isabel.[7] Está bem, foi do Espírito Santo que ela engravidou! E quantas mulheres, ao longo dos tempos, engravidaram do Espírito Santo? É bem verdade que um dia desses, certo líder religioso foi acusado de manter relação sexual e de engravidar várias mulheres de sua igreja e este culpou o Espírito. E o exemplo da família de Jesus de Nazaré? Mas, segundo a tradição que afirma que ele era solteiro ou a que não se importa dele ter sido casado? Pois é, fiquei na dúvida! Talvez seja a parte que ele manda abandonar esposa, marido e filhos e sair mundo a fora fazendo discípulos.[8] Mas, isto não se configuraria separação?

Se a Bíblia confundiu, talvez, tomemos por exemplo nossa sociedade chamada civilizada e as pessoas ditas de bem, as quais são de bem até que não venha à tona a podridão de suas intenções e relações. Talvez o exemplo venha de muitos heterossexuais que abandonam seus próprios filhos para tantos homossexuais sensibilizarem-se a ponto de quererem cuidá-los. Talvez venha dos pais e mães que, se não bastasse a violência do estupro, o fazem quando seus filhos e filhas ainda estão, literalmente, no berço. Talvez venha, então, de homens e mulheres que abortam seus filhos e netos, e isto é o mesmo que assassiná-los. Talvez venha, ainda, dos que vivem se agredindo, até a morte, no sagrado recinto do lar. Acaso, a Lei Maria da Penha surgiu pra defender as vítimas de relacionamentos homoafetivos?

Ah, fariseus! Hipócritas! Sepulcros caiados![10] É óbvio que nem tudo posso, tampouco me convém.[9] Mas é tão fácil fazer uma interpretação simplória e fundamentalista da Bíblia e da vida segundo as próprias crenças, conveniências e medos. Com isso, nem tudo é para ser colocado em prática tal como está escrito. Entretanto, sem perder o critério essencial da vida em abundância é preciso ver, escutar e sentir o que Deus quer de seus povos, de suas famílias e de seus amados no tempo em que vivem. Não sei se tenho nojo ou pena de quem vive uma vida da qual até o diabo sente vergonha, depois coloca uma auréola de plástico sobre a cabeça e sai por aí achando-se a única medida de todas as coisas. Mas, se há verdade e coerência no que fala e vive, talvez, alguém possa seguir-lhe livremente.

Notas e referências
[1] Cf. Gênesis 1 e 2
[2] Cf. Gênesis 16 a 21
[3] Cf. Gênesis 19,30-38
[4] Cf. 2 Samuel 11,15
[5] Cf. 1 Samuel 18, 1s
[6] Cf. Rute 1,22

[7] Cf. Lucas 1,39
[8] Cf. Mateus 19,29
[9] Cf. Mateus 23, 27-32
[10] Cf. Paulo aos Coríntios 6

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...