Radicais, prefixos e sufixos latinos

Por Julio Cesar De Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

A formação dos idiomas se dá histórica e dinamicamente. A língua portuguesa, por exemplo, tal qual a francesa, a espanhola, a italiana, a romena e seus respectivos dialetos, teve sua origem na língua latina que, por sua vez, foi substancialmente influenciada pelo grego. No Brasil, as línguas indígenas e africanas também contribuíram para a formação do nosso vocabulário. E, para melhor compreendê-lo, precisamos buscar sua etimologia. Por isso, a título de introdução, seguem alguns étimos, isto é, radicais, prefixos e sufixos gregos e latinos. Minha experiência é que a descoberta da origem das palavras pode transformar-se num belo jogo onde o encaixe de cada peça faz-nos ver a alma por trás de letras aparentemente vazias.


A
a, ab, abs = afastamento, separação (: aversão, abuso, abstinência, abstração);
a, ad = aproximação, junto de (: adjunto, advogado, advento, aposto);
agri, agro = campo (agricultura, agrícola);
ali = asa (alígero, alípede, aliforme);
alti = alto (altissonante altiplano);
alvi = branco (alviverde, alvinegro);
ambi = duplicidade (: ambidestro, ambiente, ambiguidade, ambivalente);
ambulo = caminhar, andar (sonâmbulo, noctâmbulo);
animi = alma (animicida, anímico);
ante = anterioridade, procedência (: antebraço, antessala, anteontem, antever);
api = abelha (apicultura, apiário, apícola);
arbori = árvore (arborícola, arboriforme, arboricultura);
auri = ouro (auriverde, auriflama);
avi = ave (aviário, avicultura);

B
bel, beli = guerra (bélico, belígero, belicista, beligerante);
ben, bene, bem = bem, excelência (: benefício, bendito, benfazejo);
bi, bis = repetição, duas vezes (: bisneto, bimestral, bisavô, biscoito);
bis, bi = repetição, duas vezes (bisavô, bilíngue, bissexual);

C
calori = calor (caloria, calorífero);
cent = cem (centavo, centena, centopeia);
cida = que mata (vermicida, regicida, fratricida, inseticida);
circu, circum = em torno de (: circunferência, circunscrito, circulação, circuncisão);
cis = posição aquém (: cisalpino, cisplatino, cisandino, cisjordânia);
co, con, com = companhia, concomitância (: colégio, cooperar, condutor);
cola = que habita, que cultiva (vinícola, vitícola, citrícola, arborícola);
cole, colo = pescoço (colar, colarinho);
color = cor, coloração (colorífico, quadricolor);
contra = oposição (: contrapeso, contrapor, contradizer);
cordi = coração (cordial, cardiologia);
corn, corni = chifre, antena (cornear, cornudo, cornucópia, unicórnio);
crimino = crime (criminoso, criminologia);
cruci = cruz (crucificado, cruciferário, crucifixo);
cultura = ato de cultivar (suinocultura, piscicultura, apicultura);
cupr, cupri = cobre (cúprico, cuprífero);
curvi = curvo (curvilíneo);

D
de = de cima para baixo, separação, negação (: decapitar, decair, depor);
deci = décimo (decímetro, decigrama);
des, dis = negação, ação contrária, separação (: desventura, discórdia, discussão)
digit, digiti = dedo (digitador, digitação);
dui = dois (duidade, duelo);

E
e, es, ex = para fora (: excêntrico, evasão, exportação, expelir);
ego = eu (egocentrismo, egoísmo);
equi = igual (equivalência, equidistante, equilátero);
en, em, in : para dentro (: imergir, enterrar, embeber, injetar, importar);
estil, estili = estilo (estilista, estilismo);
estrato = coberta, camada (estratosfera, estrato);
evo = idade (longevidade, longevo, medieval);
extra = exterior, excesso (: extradição, extraordinário, extraviar);

F
fero = que contém ou produz (mamífero, carbonífero, aurífero, flamífero);
ferri, ferro = ferro (ferrovia, ferrífero, ferrugem);
fico = que faz ou produz (benéfico, maléfico, frigorífico);
fide = fé (fidelidade, fidedigno);
fili = filho (filiação, filial, filicídio);
forme = forma (uniforme, cuneiforme, disforme, cordiforme);
fratri, frater = irmão (fraterno, fraternidade, fratricida);
frig, frigi = frio (frigidez, frigorífico);
fugo = que foge (centrífugo, vermífugo, febrífugo);

G
genito = relativo a geração (genitor);
geno = joelho (genuflexório);
gero = que contém ou produz (armígero, belígero);
gradu = grau, passo (centígrado, graduação);

H
herbi = erva (herbívoro, herbicida);
homin, homini = homem (hominal, homicídio);

I
i, in, im = contrariedade, privação, negação (: ilegal, impossível, improdutivo);
igni = fogo (ignição, ígneo, ignívomo);
inter, entre = intermediário (: internacional, interplanetário);
intra, intro = interior, dentro (: intramuscular, introduzir, introvertido, introspectivo);

J
justa = ao lado (: justapor, justalinear);

L
loco = lugar (locomotiva, locomoção);
lati = grande, largo, amplo (latifúndio, latifoliado);
loquo = que fala (ventríloquo, altíloquo);
luc, loci = luz (lucidez, lúcido);

M
matri = mãe (matricial, matriarcal, matrilinear, matrimônio, madre);
maxi = muito grande ( maxidesvalorização, maxissaia, maximizar);
mini = muito pequeno (minissaia, mínimo, minifúndio);
morti = morte (mortífero);
multi = muito, numeroso (multissecular, multiangular, multiforme);

N
nocti = noite (noctívago, nocticolor);
nubi = nuvem (nubívago, nubífero);

O
o, ob = em frente, oposição (: obstruir, ofuscar, ocupar, obstáculo);
ocul, oculi = olho (oculista, oculiforme);
odori = odor, cheiro (odorífero, desodorante);
oni = todo (onipresente, onisciente, onipotente);

P
pani = pão (panificadora, companheiro);
pari = igual (paridade, paritário);
paro = que produz (multíparo, ovíparo);
patri = pai (patriarcal, patrimônio, patricida, patrilocal, padre);
ped, pedi, pede = pé (pedicure, pedestre, bípede, pedilúvio, velocípede);
per = através (: percorrer, perplexo, perfurar, perverter);
personal, personali = pessoal (personalidade, personificar);
petr, petri = pedra (petrificar, petróleo);
pisci = peixe (piscicultura, pisciano);
plani = plano (planisfério, planície);
pluri = muitos (pluralizar, pluricelular);
pluvio = chuva (pluviômetro, pluviosidade);
popul, populo = povo (populoso, populismo);
pos = posterioridade (: pospor, posterior, pós-graduado);
pre = anterioridade (: prefácio, prever, prefixo, preliminar);
primi = primeiro (primogênito, primícias);
pro = para frente, favorável (: progresso, promover, prosseguir, projeção);

Q
quadr, quadri, quadru = quatro (quadrangular, quadrimotor, quadrúpede);

R
radic, radici = raiz (radicar, radiciação);
re = repetição, reciprocidade (: rever, reduzir, rebater, reatar);
reti = reto, direito (retificar, retilíneo);
reti = rede (reticulado, retiforme);
retro = movimento para trás (: retrospectiva, retrocesso, retroagir, retrógrado);

S
sabat, sabati (l) = sábado (sabatina, sabatista)
sacar, sacari (l) = açúcar (sacarífero, sacarose)
sapiens (l) = sabedoria (sapiência)
sarc, sarco, sarx (g) = carne (sarcoma, sarcófago)
sauro (g) = lagarto (saurologia, dinossauro)
scopio, scopia (g) = o que faz ver, ato de ver (telescópio, microscopia);
selen, seleno (g) = lua (selenografia)
sema, semio (g) = sinal (semáforo, semiótica)
sesqui (l) = um e meio (sesquicentenário, sesquipedal)
sexi, sexo (l) = sexo (sexologia, assexuado)
sider, sidero (g) = ferro, aço (siderurgia, siderografia, siderólito)
sideri (l) = astro (sideral, sidério)
signum (l) = sinalizar (signo, assinatura, sinalizar)
silvi (l) = selva (silvícola, silvicultura)
sin, sim, si (g) = ação conjunta, simultaneidade, igual, (sincronia, sinfonia, simbolo, sílaba)
sino (l) = da China (sinologia, sino-brasileiro)
sism, sismo (g) = abalo, tremor (sísmico, sismógrafo, sismologia)
so, sob, sub, su (l) = inferior, de baixo para cima, (: sobpor, subestimar)
socio (l) = sociedade (sociologia, sociolingüística)
sofia, sofo (g) = sabedoria, sábio (filosofia, sofomaníaco, teosofia)
soma, somo, somato (g) = corpo, matéria (cromossomo, somatologia)
sono (l) = som, ruído (sônico, sonoplastia, uníssono, horríssono)
sot, soto, sota (l) inferior (: soterrar, soto-mestre)
stico (g) = linha, verso (dístico, hemistíquio)
sudor, sudori (l) = suor (sudoríparo, sudoral)

super, supra, sobre = superior, excesso (: supercílio, supérfluo)

T
trans, tras, tres, tra = para além, através (: transatlântico, tresnoitar, tradição);
telur, teluri = terra, solo (telúrico, telurismo);
toni = tom, vigor (tônico, tonificar);
toxico = veneno (toxicomania, toxina);
tri = três (tricolor, triângulo, tríduo, trindade);
triti = trigo (triticultura, triticultor);

U
ultra = posição além do limite, excesso (: ultrapassar, ultrassom, ultraleve, ultravioleta);
umbri = sombra (umbrívago, umbrífero);
uni = um (uníssono, unilateral);
uxori = esposa (uxório, uxoricida);

V
vago = que anda (nubívago, noctívago);
veloci = veloz (velocípede, velocímetro);
vermi = verme (vermífugo, vermicida);
vice, vis = em lugar de (: vice-presidente, visconde, vice-almirante)
vin, vini = vinho (vinicultura, vinícola);
vitri = vidro (vitrina, vitrificar, vitral);
vomo = que expele (fumívomo, ignívomo, vômito);
volo = que quer, que deseja (malévolo, benévolo);
voro = que come, devora (carnívoro, herbívoro);


Referências
CUNHA. Antônio Geraldo da. Dicionário etimológico da língua portuguesa. 4. Ed. Revista pela nova ortografia. Rio de Janeiro: Lexikon, 2010.
NETO, Pasquale Cipro; INFANTE. Ulisses. Gramática da Língua Portuguesa. São Paulo: Scipione, 2008.
PCI CONCURSOS. Principais prefixos gregos e latinos. Pág. visitada em 22.08.2012.
SÓ PORTUGUÊS. Radicais latinos. Pág. visitada em 22.08.2012.
BRASIL ESCOLA. Radicais e prefixos latinos. Pág. visitada em 22.08.2012.

Um comentário:

  1. Boa Tarde estou fazendo um trabalho de poruguÊs e preciso saber para que serve os RADICAIS LATINOS???

    ResponderExcluir

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...