Maomé, O Louvável

Por Julio Cesar De Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

Muhammad é o fundador do Islamismo. Nasceu em Meca, hoje Arábia Saudita. Viveu entre 570 e 632 D.C. Seu nome significa “o elogiado”, “o louvável”. Seus pais Abdullah e Amina, faleceram quando ele ainda era criança. Teve várias esposas e seis filhos. Foi pastor e comerciante. Desde sua infância distinguia-se dos demais pela nobreza de caráter, lealdade, coragem e auxílio aos mais fracos e necessitados. Quando ocorriam divergências, as pessoas o chamavam para arbitrar. Sua intensa devoção a Deus o fazia retirar-se para as grutas, nas imediações de Meca. Longe de tudo, entregava-se à adoração de seu Criador e à meditação sobre a criação dos céus e da terra. Aos quarenta anos, teve uma primeira revelação divina e, por intermédio do anjo Gabriel, começou a escrever o Alcorão. No início, sua missão restringia-se a um círculo restrito de pessoas. Posteriormente, convocou a sociedade para aderir ao Islam, isto é, para “submeter-se à vontade do Deus único”. Os grupos politeístas de sua terra passaram, então, a perseguir os muçulmanos, a torturá-los e boicotá-los. Por isso, então, é que Maomé e seus seguidores tiveram que fugir para Medina. A partir daí, várias batalhas foram travadas, a fim de unificar toda a Arábia sob o domínio do Islam. Hoje, o Islamismo é a segunda maior religião em número de adeptos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...