Kong, o venerável mestre

Por Julio Cesar De Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

Kong, também conhecido por Kung Fu, K'ung Ch'iu, K'ung Chung-ni e Confúcio, é o mestre fundador do  que chamamos Confucionismo. Ele nasceu em Tsou, pequena cidade no estado de Lu, hoje Shantung, na China. Viveu entre 551 e 479 a.C. Filho de Shu Liang He e Yen Cheng Tsai, Kong dedicou-se desde cedo para ajudar no sustento de sua família. Aos dezenove anos de idade, casou-se com Chi Kuan com a qual teve um filho chamado Kung Li. Conhecido por seu altruísmo, sua integridade, fidelidade, cortesia ritual, sabedoria moral e seu senso de justiça, ainda jovem, conquistou espaço na administração estatal de Lu, tornando-se o ministro da justiça. Com o tempo, no entanto, Kong cansou-se de tanta intriga e, por não concordar com certas práticas, aos cinquenta anos de idade, trocou seu cargo político na corte pelo ensino, tornando-se famoso como mestre. Daí origina-se Fu, que significa "venerável", "habilidoso" e Tse que quer dizer “mestre”. Seus princípios filosóficos e religiosos favoreciam, por exemplo, a lealdade familiar, a veneração dos ancestrais e o respeito para com os idosos. Para ele, a família era o fundamento de um governo ideal. Ele, porém, não deixou obra escrita. Seus discípulos é que recolheram e registraram pensamentos, ensinamentos e meditações. Para o historiador chinês Sima Qian, o mestre Kong é uma representação típica do herói chinês. Ele era alto, forte, enxergava longe, tinha uma barriga cheia de Chi, usava longa barba, vestia-se bem e era um homem simples. Era também de um comportamento exemplar, demonstrando sua doutrina em seus atos: pescava com o anzol, dando opção aos peixes, e caçava com um arco pequeno para que os animais pudessem fugir; comia sem falar, era direto, franco e acreditava ser um representante do Tao.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...