Shirin Ebadi

Por Julio Cesar De Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

Shirin Ebadi nasceu no dia vinte e um de junho de mil novecentos e quarenta e sete, em Hamadã, no Irã. É casada e mãe de duas filhas. Tornou-se a primeira mulher iraniana a ser juíza e a presidir um tribunal legislativo. Porém, com a Revolução Islâmica, os clérigos conservadores consideraram que "a magistratura é incompatível com o caráter demasiado emocional das mulheres".

Shirin, então, tornou-se conhecida por sua corajosa intervenção nos numerosos casos de violação dos direitos humanos, advogando e fazendo conferências por diversos países; escrevendo sobre essa temática e sendo professora de Direito.

Defende especialmente o estatuto da mulher e da criança, contra uma sociedade patriarcal que ainda hoje consagra no seu Código Penal a criança como sendo "propriedade do pai ou da família paterna". Ela luta pela mudança das leis de divórcio e herança no país, as quais discriminam fortemente as mulheres. Shirin Ebadi também ajudou na criação da lei contra o abuso físico de crianças e fundou a Sociedade para a Proteção dos Direitos das Crianças e o Centro dos Defensores dos Direitos Humanos. Ela também tem aceito a defesa de dissidentes, membros de minorias religiosas e jornalistas censurados.

Tendo o escritório do Centro dos Defensores fechado pela polícia, Shirin foi presa por duas vezes e proibida temporariamente de advogar, além de receber contantes ameaças contra a sua vida. Recebeu vários prêmios e homenagens por seu trabalho, dentre eles o Nobel da Paz, tornando-se a primeira cidadã iraniana e a primeira mulher muçulmana a receber um nobel. Ela disse que “o combate pelos direitos humanos é travado em cada país pelo seu povo, e tal é o caso do Irã, e nós somos contra toda a intervenção estrangeira no Irã.” Para os conservadores ela é uma séria ameaça ao sistema islâmico, para os reformistas um sinal claro de esperança de emancipação às mulheres muçulmanas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...