Yeshua de Nazaré

Por Julio Cesar De Lima
(Ir. Pascal, Obl. OSB)

A tese mais aceita é de que Yeshua nasceu numa família pobre de judeus camponeses, nas montanhas de Nazaré, no ano quatro a.C. Tinha feições semíticas e porte musculoso, condição de alguém que trabalhava com as mãos e se deslocava constantemente de uma cidade a outra. Falava aramaico e um pouco de hebraico.

Nasceu, cresceu e morreu num contexto de repressão, revolta e profetismo, sendo um dos muitos líderes que se opuseram ao Império Romano e ao Sinédrio Judaico. Integrando-se plenamente à sociedade do seu tempo, assumiu a religião, a política, os costumes, as pessoas e os conflitos de seu povo. Contudo, surpreendentemente experimentou, com um pequeno grupo de seguidores e seguidoras, um estilo não-violento de ser, um jeito alternativo de viver, evidenciando a radical diferença entre a Paz que propunha e a Pax que imperava (Jo 14,27).

Yeshua desarmou os fariseus e os doutores da Lei que tinham por costume apedrejar mulheres adúlteras (Jo 8,7) e, mesmo durante sua prisão, ordenou que Pedro guardasse a espada na bainha, pois todos os que usam armas, pelas armas perecem (Mt 26,52). Proclamou prósperos e felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos e filhas de Deus (Mt 5,9); desobedeceu leis injustas (Mc 2,27) e enviou seus discípulos para anunciarem a paz a todas as casas (Lc 10,5-6); recuperou a auto-estima, promoveu curas e inquietou-se com a fome das pessoas.

Se a construção da Civilização do Amor era o centro de sua missão, a paz era o coração desta missão. Conta-se que em seu nascimento anjos noticiavam que a paz havia chegado à humanidade amada por Deus (Lc 2,14). Porém, se este não for um fato histórico, ilustra de forma muito coerente o desejo daquela sociedade em libertar-se e, enfim, poder vivenciar a plenitude do shalom, idealizado em Yeshua de Nazaré. Foi assassinado por volta do ano trinta d.C., consolidando um novo paradigma para a confraternização universal.

DICA DE FILME: Jesus de Nazaré

3 comentários:

  1. Anônimo7/5/11 06:58

    Mto legal, principalmente os livros sagrados de outras religiões,com isso podemos ficar sabendo de como é a vida religiosa de outros povos!

    ResponderExcluir
  2. Quem é você? Obrigado por seu comentário. Ele é incentivo para eu continuar blogando. Quanto aos Textos Sagrados, eles são, de fato, verdadeiras pérolas da humanidade. Julio Cesar

    ResponderExcluir
  3. Anônimo1/4/12 13:12

    mto legal para conheçermos como eram outras religioes e seus fundadores adorei que voce posta foto para conheçermos melhor como eram e os textos sao maravilhosos ! obrigada

    ResponderExcluir

COMENTE, DEIXANDO NOME E E.MAIL PARA CONTATO. OBRIGADO!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...